sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Experiência Excepcional

BASEADO EM FATOS REAIS.
  http://3.bp.blogspot.com/_uJkOrYNT0h0/S5Q44XLXcwI/AAAAAAAAAt8/Hw7Z0PL7vIs/S269/Classifica%C3%A7%C3%A3o+Livre.png - Este post é livre para todos os públicos
Sei que aqui não é “meu querido diário”, mas tive que guardar um lugar cativo p/ essa situação.
Putz, ontem teve um acontecimento muito sacana em minha vida e eu tenho q compartilhar com vocês...
O seguinte é esse: Eu estava no ônibus voltando para casa, quando me entra no ônibus uma mulher. Não era lá “aquela coca-cola toda”, mas até aí tudo bem.
Eu estava no fundo com um senhor que estava no banco atrás do meu e ela sentou um banco à minha frente, aí então ela saiu do banco da frente e foi para o outro lado e deitou (o fundo estava vazio, só comigo e o senhor). Então eu e o senhor olhamos aquilo e não entendemos absolutamente MERDA NENHUMA. Então ela falou que estava fazendo aquilo porque o ônibus ia passar na frente de uma loja que ela não queria passar porque umas pessoas lá iam falar dela, pois tinha umas coisas dela enchendo o balcão e a galera queria que ela tirasse logo, mas ela não queria pegar peso. Se não me engano eram uns presentes para os filhos dela, mas até aí tudo bem.
O abacaxi chega quando ela começa a contar a vida dela, e ontem, foi a festa do senhor do Bonfim, engarrafando o trajeto. E a mulher começou a falar, e falava como se fôssemos amigos íntimos. Eu, ela, o senhor (Seu Carlos), um fundo vazio e um engarrafamento foram os elementos daquela cena perfeita.
Entre as diversas coisas que ela contou, eu descobri que:
-Ela havia “secado” 1 engradado e meio de cerveja com o namorado de 37 anos, parando de beber pelas 4 da manhã, sendo que havia começado Às 17:00 do dia anterior.
-O namorado de 37 anos não gosta que ela vá para a praia de biquíni, fazendo-a interromper o relacionamento por um tempo.
-O namorado de 37 anos chorou por ela quando ela acabou, mas depois retomou a relação.
-Ela quase foi molestada pelo padrasto aos 9 anos de idade e jogou um ferro de passar na cara dele, por isso até hoje a mãe dela acha que ela pode ter um caso com o padrasto.
-Ela tem 2 casas, e mais uma que ela abandonou por ser em um bairro perigoso.
-Antes ela morava na casa do bairro perigoso, e por ver 3 corpos estirados no chão, o filho dela gritou: “MÃE!” e depois disso ficou 1 semana sem falar, fazendo ela entrar em desespero e abandonar a casa com tudo dentro.
- Ela tem preguiça de cozinhar, por isso deixou enlatados com macarrão para os filhos sozinhos em casa comerem.
-Uma menina com o nome semelhante ao da filha dela (que mora com a avó) morreu, e quando ela viu a notícia, se assustou, achando que era a filha dela. Imediatamente ela ligou para avó e pronunciou as palavras: “Olhe sua d*sg*aça, pelo amor que você tem à sua vida, não deixe essa menina à toa não!”
-Ela fez umas compras de 30 reais e guardou tudo na bolsa para “as vizinha pensar que tem dinheiro”
-Ela pegava um cara deficiente visual de 70 anos, um senhor de 50 anos e um cara novinho (como ela mesma se referia ao cara) de 37 anos, por isso me referi até aqui sobre o cara de 37 anos como “namorado de 37 anos”.
-O cego fazia de um tudo por ela.
-O pênisvaldo do cego não subia mais, então ele só “chupava” – nas próprias palavras dela.
-O senhor de 50 anos achava que ela tinha 16 (sendo que ela tinha 29), se sentia um pedófilo, a chamava de bonequinha e toda vez que ela o visitava, ele dava entre 100 e 200 reais a ela.
-O pênivaldo do senhor de 50 anos também não subia mais, e nas próprias palavras dela: “ele disse que ia chupar até a língua dele cansar”.
-O cara de 37 anos era o único dos 3 que “dava no couro”.
-Ela “dava uma surra” no cara de 37 anos p/ cobrir os velhos de 50 e 70 anos, se é que vocês me entendem. (6)
-Ao ser criticada por ter tantos homens e receber dinheiro de todos ela afirmou: “Fazer o quê? Eu gosto é disso!(fazendo sinal de dinheiro).
-O deficiente visual em 2 anos de relacionamento não-oficial já pôs o nome dela no testamento, e disse: “ Com o dinheiro que vai ficar em sua mão, você vai poder comprar 3 casas para alugar e ainda sobra dinheiro p/ você viver sem trabalhar por aproximadamente 2 ou 3 anos, apenas assine aqui.”
-Sobre a afirmação acima, ela leu tudo, tintim por tintim, e não é nenhuma cilada.
-Ela procurou “treta” comigo e com seu Carlos, largando frases do tipo: “aah, você tem 16 anos? É menino ainda, não dá para o gasto não!”. Seu Carlos vendeu meu peixe comigo com frases do tipo: “rapaz, quando você pegar um cara miserável que te esbagaçar toda você vai ver!” e eu fechei o caixão com a frase: “Você é velha, para mim você é café pequeno!”, mas não passou de resenha, e nada aconteceu.
-Seu Carlos tentou pegar o telefone dela para chamá-la para cozinhar na casa dele, (ela cozinha, mas a gente sabe quem vai COMER não é? ;D) mas não conseguiu.
-O cara de 37 anos tem um bar e deixou ela o dia todo esperando para sair, e nem saíram, pois ele tinha que “cuidar do bar”. E segundo as palavras dela: “Ele é um vacilão, tem que tomar corno mesmo!”
-Conselho aos caras: Dêem atenção às suas mulheres, ou elas podem te trair com dois idosos de 50 e 70 anos que “só fazem chupar”.
-Ela simulou uma doença, para não sair com o namorado de 37 anos.
-Ela foi andar de bicicleta bêbada, bateu num carro, voou e bateu a boca no “meio-fio”, mostrando a boca partida.
-O bairro que ela mora é perigoso, sendo que os ladrões já roubaram duas bermudas de marca do filho dela e dois tênis de marca.
-Ela se achava a mais esperta de todas as mulheres.
-Descobri que em um ônibus tudo pode acontecer.
-Descobri que mulheres são simples e complicadas, não me pergunte como.
-Descobri que “mulher é prejuízo” – nas próprias palavras de Seu Carlos.
-Descobri que uma mulher pode ser um livro aberto com você, a depender da situação.
-Descobri que ela foi com a minha cara e com a de Seu Carlos, por isso nos contou tudo isso.
-Descobri que ela é apenas um produto do meio.
-Descobri que o nome dela é Eduarda e em 45 minutos dentro de um ônibus no engarrafamento ela me ensinou tudo o que precisava aprender sobre as mulheres:
 Algumas Mulheres não valem nada...

6 comentários:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK'
SÓ COM MICHELL PARA ACONTECERR ISSO!
QUEE PORRAAA É ESSAAA
hsaushausahusahsuahusahsa
RIII MUIIITOOOO
OTIMOOO POSTT shaushaushaushausha

Rir muito aqui! realmente, algumas não valem nada!

É, que bom que você sabe que são SÓ algumas. AHSAISHASIAHSIASHASIHASIASHAISHAS
tensão, hein? xD

isso foi naquele duque de caxias? Oo

Não pow, a gente pegou o duque de tarde, isso aconteceu de manhã...
=)

Fortes emoções durante as férias.

Postar um comentário

Divulgue o 100cultura aos amigos

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites